Maria Ivone Vairinho e Poetas Amigos

Dezembro 18 2010

NOITE DE INVERNO 

 

Deram agora as doze badaladas.

Pla rua fora há vento às rabanadas.

A chuva com cortinas balouçantes

Dá um banho de graça ao arvoredo

E a terra não é seca como dantes.

Rebentam os trovões, que metem medo,

Os raios caem lá longe, distantes,

Como uma estória fraca, sem enredo.

 

E eu que faço nesta noite fria,

Na casa solitária, tão vazia?

Fechados os salões, como as janelas,

Sem luz nos corredores, às escuras,

Retratos nas paredes, de amarelas

Faces, cavadas, baças, nas molduras.

De antigos habitantes são as telas.

É triste ver assim essas figuras

Sem a honra de flores e de velas!

 

Permanece a quietude na cozinha,

Onde tanta mulher foi a rainha.

Quantas rezes se assaram no fogão,

Nesse espeto de ferro ao abandono!

A bateria em cobre e em latão,

Ao longo da parede, em fundo sono,

Há muito que ninguém lhe põe a mão.

São animais perdidos, sem ter dono.

 

Os quartos, ladeando o corredor,

Há muito estão vazios, sem calor.

Na cama de dossel, colcha perfeita,

Nas paredes exótico brocado,

Espelho de cristal que tudo enfeita,

Rico aposento que é mal empregado,

Porque de há muito ali ninguém se deita.

E tem outros assim por todo o lado.

 

Na sala de jantar, a longa mesa

Ostenta o esplendor da realeza.

A baixela de prata, já sem brilho,

Os pratos da mais fina porcelana

E os copos de cristal são estribilho

De um triste fado sobre a dor humana.

Sei que um dia alguém vai, de afogadilho,

Vender tudo e fechar a persiana.

 

O temporal, lá fora, continua

E não se vê vivalma a andar na rua.

As chamas da lareira, bailarinas,

Forçam minha memória enevoada

A chamar as figuras femininas

Que adornaram de aromas minha estrada,

Os amigos, parceiros das rotinas,

E quem mais encontrei na caminhada.

 

Já devo estar chegando à minha meta

E a satisfação não está completa.

O que aprendi já não serve a ninguém.

Foi perdido ao findar a profissão.

Meu fim de vida está a correr bem,

Para queixar-me não tenho razão,

Mas neste triste lar sinto, porém,

Ser náufrago a nadar na solidão.

 

 

 

Faro, 6-12-2010         01h04

Tito Olívio

publicado por appoetas às 21:31

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Este blogue está aberto aos co-autores e Poetas Amigos de Maria Ivone Vairinho
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

13
15

20
21
22
25

26
27
28
30


links
pesquisar
 
Tags

11 poemas inéditos de carlos cardoso luí(1)

25 anos app(11)

ada tavares(18)

adriano augusto da costa filho(39)

albertino galvão(11)

albina dias(18)

alfredo martins guedes(2)

ana luísa jesus(4)

ana patacho(3)

anete ferreira(3)

antónio boavida pinheiro(22)

app(5)

armindo fernandes cardoso(3)

bento tiago laneiro(5)

carlos cardoso luís(13)

carlos moreira da silva(2)

carmo vasconcelos(22)

catarina malanho semedo(2)

cecília rodrigues(48)

cláudia borges(8)

dia da mãe(8)

dia da mulher(9)

dia do pai(6)

donzília martins(8)

edite gil(68)

elisa claro vicêncio(4)

euclides cavaco(100)

feliciana maria reis(4)

fernando ramos(20)

fernando reis costa(3)

filipe papança(11)

frances de azevedo(2)

gabriel gonçalves(14)

glória marreiros(20)

graça patrão(6)

helena paz(15)

isabel gouveia(3)

jenny lopes(11)

joão baptista coelho(1)

joão coelho dos santos(7)

joao francisco da silva(4)

joaquim carvalho(3)

joaquim evónio(9)

joaquim sustelo(70)

judite da conceição higino(4)

landa machado(1)

liliana josué(45)

lina céu(5)

luis da mota filipe(7)

manuel carreira rocha(4)

margarida silva(2)

maria amélia carvalho e almeida(6)

maria clotilde moreira(3)

maria emília azevedo(5)

maria emília venda(6)

maria fatima mendonça(2)

maria francília pinheiro(3)

maria ivone vairinho(14)

maria jacinta pereira(3)

maria joão brito de sousa(69)

maria josé fraqueza(5)

maria lourdes rosa alves(4)

maria luisa afonso(4)

maria vitória afonso(8)

mário matta e silva(20)

mavilde lobo costa(22)

milu alves(6)

natal(16)

odete nazário(1)

paulo brito e abreu(6)

pinhal dias(9)

rui pais(8)

santos zoio(2)

sao tome(10)

susana custódio(15)

tito olívio(17)

vanda paz(23)

virginia branco(13)

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO